O fornecimento de painéis de controle e proteção para usinas hidroelétricas e subestações de energia de até 500 kV é um mercado restrito, tanto pela complexidade do serviço quanto pela enorme responsabilidade envolvida. A IHM Stefanini, no entanto, se orgulha de dizer que faz parte desse mundo, fornecendo painéis voltados para usinas e subestaçõses desde 2012.

Durante oito anos a IHM trabalhou desenvolvendo tecnologia para projetar, fabricar e montar painéis para esse tipo de aplicação. Há cerca de cinco anos, os protótipos desenvolvidos foram apresentados a uma das mais importantes empresas do setor elétrico brasileiro, que aprovou os modelos e certificou a IHM como fornecedora desse tipo de painel. À época, apenas duas empresas além das grandes fabricantes mundiais possuíam a certificação para produzir painéis desse tipo no Brasil, sendo a IHM a única delas em Minas Gerais.

Naquele mesmo ano de 2012 houve por parte da mesma concessionária que havia fornecido a certificação a necessidade de construção, ampliação e reforma de subestações, o que fez com que fossem abertas concorrências públicas para a prestação de variados serviços. Uma delas previa a concepção mecânica e a montagem elétrica de painéis para a digitalização das subestações e usinas, tendo por base um projeto elétrico e um software desenvolvido para os controladores que seriam utilizados nesses painéis. Tratava-se de uma concorrência rigorosa na qual as empresas eram avaliadas considerando aspectos além do técnico, como questões fiscais, financeiras e trabalhistas.

A IHM venceu a concorrência e se engajou no projeto que tinha duração prevista de dois anos. A demanda inicial era de 148 colunas de painéis para duas usinas hidroelétricas e 12 subestações, cuja tensão variava entre 69 e 500 kV e que se encontravam nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O cronograma estabelecido pela empresa energética foi rigorosamente cumprido, tendo sido a IHM uma das poucas empresas a fazê-lo, porém questões como o andamento das obras nas subestações fizeram com que o projeto se estendesse. No total foram em torno de três anos de duração, e houve demanda de colunas a mais do que as 148 inicialmente previstas.

 Nesse projeto a IHM acumulou a responsabilidade pelo projeto mecânico dos painéis e sua execução, pela aquisição dos componentes elétricos, a montagem e o teste dos produtos finais, feito na própria fábrica em conjunto com a equipe da empresa de energia contratante. Além disso, nossa empresa foi responsável ainda pela aquisição de componentes avulsos como relés de proteção e sistemas para o monitoramento de temperatura dos transformadores de potência.

Durante todo o processo houve inspeção por parte da companhia de energia, garantindo que o produto final estivesse dentro do padrão de qualidade exigido e dentro do prazo estabelecido. Mais que isso, durante a fabricação e mesmo durante os testes surgiram solicitações de revisões que foram prontamente atendidas, o que foi inclusive destacado pelo cliente, uma vez que esse tipo de alteração costuma levar certo tempo para ser absorvida em alguns casos.

A empresa de energia que demandou o serviço, no entanto, opera de uma maneira singular: as certificações para a fabricação dos diferentes tipos de painel são consideradas provisórias até que eles estejam em operação por um período de 18 meses. Como o projeto teve fim em 2014, as certificações definitivas foram emitidas nos últimos anos, sendo provas da qualidade dos painéis e dos serviços prestados e que, esperamos, nos credenciarão a trabalhar com demandas semelhantes em várias outras companhias de energia do país.

Carlos Alberto Viegas Gonçalves
Engenheiro Eletricista com especialização em sistemas elétricos de potência, possui 33 anos de experiência profissional na indústria e em concessionárias de energia, contemplando Subestações de média e alta tensão e usinas elétricas. Sólida experiência na comercialização e fabricação de subestações de média e alta tensão, painéis elétricos, eletrocentros e em implantação de sistemas elétricos em regime turn-key.