Estudo de Caso

Sistema dinâmico para operar rotas em um pátio de matérias primas

O desafio de construir um sistema flexível, intuitivo e que impedisse a contaminação dos materiais nas rotas

Siderurgia & Metal

Projetos e soluções para toda a cadeia produtiva da siderurgia

Dados do Projeto

VERSATILIDADE

+40

correias transportadoras

Alto número de correias para atender várias possibilidades de transportes e tipos de materiais

FLEXIBILIDADE

Infindáveis

possibilidades de rotas

As correias são capazes de atender qualquer configuração para as 15 origens e 13 destinos

DINÂMICA

Intuitividade

na construção de rotas

Sistema intuitivo para configuração de uma nova rota ou uso de alguma já existente

Contexto e Desafios

Uma grande siderúrgica precisava desenvolver um sistema para gerenciar rotas em seu pátio de matérias primas. Era necessário que o sistema fosse dinâmico e intuitivo. Sendo responsável por abastecer áreas como coqueria, sinterização e alto forno, o pátio era fundamental na logística, chave para a eficiência da produção. Havia também o aspecto da segurança: não poderia haver contaminação dos materiais em hipótese alguma, sendo que eram várias as rotas possíveis. O sistema deveria cumprir os seguintes desafios:

  1. Configurar rotas com facilidade e, quando necessário, reutilizá-las
  2. Permitir que as rotas configuradas fossem dinâmicas, pois a complexidade da produção tornava inviável que fossem estáticas
  3. Rastrear os materiais nas correias transportadoras para garantir sua não contaminação
  4. Fornecer um balanço de massa por pilha e por rota disponível no sistema de supervisão (nível 1)
  5. Fornecer um histórico de alocação dos materiais nas pilhas desde o startup
  6. Possuir alta disponibilidade, para garantir a operação e o armazenamento destas movimentações

Soluções Utilizadas e Equipamentos Fornecidos

Utilizamos um Cluster Oracle para garantir a alta disponibilidade da base de dados relacional.

Fizemos a programação indexada dos CLPs, utilizando apenas a senioridade da IHM Stefanini, para assim controlar os acionamentos das correias transportadoras, onde a sequência e intertravamentos são alterados dinamicamente ao se trocar uma rota.

Fizemos uma programação complexa e criteriosa de movimentações de dados, pelo sistema de nível 1, para garantir o correto balanço de massa e todo seu histórico.

O rastreamento de materiais nas correias transportadoras foi desenvolvido utilizando cálculos, pois constantemente havia problemas ao utilizar sensores.

Foram feitos muitos e muitos testes para garantir a segurança de toda a solução e a não contaminação de materiais. Infindáveis formas de configurar rotas.

Especialistas

Engenheiro de Controle de Processos

Henrique Diniz Rocha

Full Stack Data Scientist

Pablo Drumond

Prêmiações

No items found.

Whitepapers

No items found.

Sistema dinâmico para operar rotas em um pátio de matérias primas

O desafio de construir um sistema flexível, intuitivo e que impedisse a contaminação dos materiais nas rotas

August 6, 2021

publicado por

Engenheiro de Controle de Processos

Henrique Diniz Rocha

publicado por

Full Stack Data Scientist

Pablo Drumond

VERSATILIDADE

+40

correias transportadoras

Alto número de correias para atender várias possibilidades de transportes e tipos de materiais

FLEXIBILIDADE

Infindáveis

possibilidades de rotas

As correias são capazes de atender qualquer configuração para as 15 origens e 13 destinos

DINÂMICA

Intuitividade

na construção de rotas

Sistema intuitivo para configuração de uma nova rota ou uso de alguma já existente

Uma grande siderúrgica precisava desenvolver um sistema para gerenciar rotas em seu pátio de matérias primas. Era necessário que o sistema fosse dinâmico e intuitivo. Sendo responsável por abastecer áreas como coqueria, sinterização e alto forno, o pátio era fundamental na logística, chave para a eficiência da produção. Havia também o aspecto da segurança: não poderia haver contaminação dos materiais em hipótese alguma, sendo que eram várias as rotas possíveis. O sistema deveria cumprir os seguintes desafios:

  1. Configurar rotas com facilidade e, quando necessário, reutilizá-las
  2. Permitir que as rotas configuradas fossem dinâmicas, pois a complexidade da produção tornava inviável que fossem estáticas
  3. Rastrear os materiais nas correias transportadoras para garantir sua não contaminação
  4. Fornecer um balanço de massa por pilha e por rota disponível no sistema de supervisão (nível 1)
  5. Fornecer um histórico de alocação dos materiais nas pilhas desde o startup
  6. Possuir alta disponibilidade, para garantir a operação e o armazenamento destas movimentações

Cases e Artigos Semelhantes

Fale com a gente.

Sabemos como é difícil encontrar ferramentas eficientes e soluções adequadas para seus problemas. Nosso time está à disposição para te ajudar a escolher a melhor solução, com base em nossa experiência nas mais diversas áreas da indústria.

Mensagem enviada!

Agora é só aguardar e nosso time irá entrar em contato você!
Oops! Seu formulário não pode ser enviado. Confira se os campos foram preenchidos corretamente e envie novamente.
Conecte-se com nosso time de especialistas nas diversas áreas da indústria.
Encontrar  especialistas